sábado, 9 de outubro de 2010

Não o soube por ti e isso em parte deixou-me magoada. O facto de confiares em alguém que sabes tão bem quanto eu que não é de confiança, e eu nem recebo uma palavra sobre assunto deixa-me triste. Mas não é isto que está a importar neste momento, mas sim a tua partida! A tua silenciosa partida. Não estávamos muito próximas nestes últimos tempos, mas sabes tão bem o quanto eu gosto de ti e o quanto vou sentir a tua falta. Vou ter saudades, muitas saudades, acredita.

não foi por acaso que foste a minha madrinha de Crisma e que estiveste presente no almoço do mesmo dia,
os meus pais, o meu irmão, o João e tu eram e são as pessoas mais importantes para mim, 
foram as únicas que eu quis ter presente.

12 comentários:

  1. Oh querida sei eu é mau quando vemos alguem partir mas a vida é mesmo assim e temos de saber ultrapassar.

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  2. a música vicia (:
    ela foi embora, porquê? :s não desistas.

    ResponderEliminar
  3. Se ela não te disse antes foi concerteza para o teu bem. Agora tens de aproveitar o tempo que resta com ela.

    ResponderEliminar
  4. por vezes as pessoas de quem mais gostamos são aquelas que partem primeiro :s. força!

    ResponderEliminar
  5. ñ te conheço, mas por vezes a vida prega-nos partidas, força :)

    ResponderEliminar

A tua opinião é essencial, desde que seja verdadeiramente escrita com alma e coração.
Obrigada pela leitura. :)